Plantão
Brasil

Detendo coloca Tornozeleira eletrônica em pata de cavalo

Publicado dia 29/12/2017 às 09h21min
O detento responsável pelo equipamento "perdeu o benefício e cumpre pena em regime semiaberto"

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná retirou nesta quinta-feira (28) uma tornozeleira eletrônica instalada na pata de um cavalo em Ponta Grossa (PR).

Em nota, a pasta afirmou que o aparelho estava desativado desde fevereiro. O detento responsável pelo equipamento "perdeu o benefício e cumpre pena em regime semiaberto". O nome dele não foi divulgado.

 

"O indivíduo que recebe o benefício da tornozeleira eletrônica é monitorado dia e noite e não pode tirar o equipamento para dormir e nem para tomar banho. Tampouco pode ultrapassar uma área restrita determinada pela Justiça –caso o faça, o dispositivo com tecnologia GPS vibra, emite sons de alerta e comunica a violação à central de monitoramento", diz a nota da secretaria.

Sete Estados apresentaram esse ano falta de tornozeleira eletrônica para monitorar seus detentos. Fabricantes se queixavam de atraso nos pagamentos em razão da crise fiscal dos governos.

Fonte: Folha