Plantão
Esporte

BRASILEIRÃO: Vitórias de Palmeiras e Santos pressionam líder Corinthians

Publicado dia 23/10/2017 às 08h19min
Enquanto isso, Atlético Mineiro e Bahia venceram os clássicos diante de Cruzeiro e Vitória, respectivamente.

VICE-LÍDERES
Grêmio e Palmeiras fizeram um jogo muito tenso no 1º tempo. Os dois times erraram demais no ataque e criaram poucas chances de gol. Mas o Verdão deslanchou em campo após o intervalo. Em apenas 17min, o time conseguiu três gols: primeiro Dudu arriscou de fora da área e contou com um desvio no caminho para comemorar o gol; depois, Moisés pegou um rebote na área e ampliou; e Dudu marcou de novo após cruzamento rasteiro de Mayke.

O Palmeiras acabou recuando depois disso e tomou gol de Michel, aos 33min, mas a reação do Grêmio acabou aí. Placar final: 3 a 1.

Já o Santos começou bem no jogo e conseguiu abrir o placar aos 30min do 1º tempo. Após cobrança de escanteio de Lucas Lima, Ricardo Oliveira cabeceou para o gol. Depois do intervalo, o Peixe administrou bem a vitória, poderia até ter ampliado o placar, mas desperdiçou boas oportunidades e ficou só no 1 a 0.

CLÁSSICOS
O Cruzeiro saiu na frente no clássico mineiro. Aos 31min do 1º tempo, Rafinha deu passe para Thiago Neves chutar de direita, da entrada da área, e balançar a rede.

Porém, tudo mudou no 2º tempo. Aos 16min, Otero empatou com gol de cabeça. Apenas cinco minutos depois, Robinho driblou Henrique, chutou para o gol e decretou a virada. Ele mesmo definiu o placar final aos 36min, com outro belo gol.

Com esse resultado, o Atlético-MG chegou a 41 pontos e voltou a briga pela zona de classificação para Copa Libertadores. Já o Cruzeiro está em 5º, com 47 pontos.

https://i.ytimg.com/vi/JMNbTbVEvbg/hqdefault.jpg

BA-VI COM GOLS NO FINAL
Em Salvador, o o primeiro gol do jogo só saiu no 2º tempo. Foi de Mendoza, aos 2 minutos do 2º tempo. O final foi emocionante: aos 38 minutos, Wallace empatou a partida. Mas aos 44 minutos, Edigar Junio conseguiu decretar a vitória do tricolor.

Agora o Bahia chegou a 38 pontos e se distanciou da zona de rebaixamento. Já o Vitória ficou com 33 e ainda pode terminar esta rodada na área da degola.

ATLÉTICO-PR X SPORT
Furacão e Leão também fizeram um jogo emocionante na Arena da Baixada. Lucho Gonzalez abriu o placar, com gol aos 16min do 2º tempo. Mas Diego Souza empatou em cobrança de pênalti, aos 25min. O gol decisivo também foi de pênalti: Felipe Gedoz cobrou com sucesso aos 43min.

Agora o Atlético-PR tem 41 pontos e também pode sonhar com a briga pela zona de classificação para Libertadores. Já o Sport tem 35 e segue preocupado com o possível rebaixamento.

BRIGA PELO REBAIXAMENTO.

São Paulo  O torcedor que resolveu encarar uma tarde fria e nublada no estádio do Pacaembu foi premiado com um primeiro tempo inspirado do São Paulo, que não teve dificuldades para fazer 2 x 0 no Flamengo, com gols de Pratto e Hernanes. Com a vitória na 30.ª rodada, os paulistas chegam a 37 pontos na tabela de classificação do Brasileirão e se distanciam ainda mais da zona de rebaixamento.

Foto: Érico Leonan / São Paulo FC

Além disso, outros dois times conquistaram importantes vitórias na luta contra o rebaixamento e em compensação afundaram ainda mais os seus adversários. Trata-se do Avaí que foi até Campinas para enfrentar a Ponte Preta e venceu a partida pelo placar de 2 a 1

Com isso, o time catarinense respirou e saiu da degola, agora está na 16ª colocação com 34 pontos. Já a Macaca segue sem vencer a quatro rodadas e está em 18º com 32 pontos. Já a Chapecoense venceu o Fluminense por 2 a 0 na Arena Condá e se afastou de vez da parte debaixo da tabela.

O Corinthians tem 59 pontos na liderença, e completa a rodada hoje quando enfrentará o Botafogo no rio às 20h.

Fonte: futebolinterior.com.br