Plantão
Esporte

Flamengo vence o Junior Barranquilla na Colômbia e vai à final da Sul-Americana

Publicado dia 01/12/2017 às 09h49min
Agora, o time carioca enfrenta o Independiente, da Argentina, pela taça da competição

O Flamengo está na final da Copa Sul-Americana . O Rubro-Negro derrotou o Junior Barranquilla na Colômbia por 2x0 na noite desta quinta-feira (31). Os gols foram marcados pelo atacante Felipe Vizeu. Escolhido de última hora para substituir o criticado Alex Muralha, o goleiro César brilhou e pegou um pênalti no final da partida. O Fla já havia vencido a partida de ida, no Maracanã, pelo placar de 2x1.

Agora, o time carioca enfrenta o Independiente, da Argentina, pela taça da competição. Caso seja campeão, o Flamengo também garante uma vaga na Taça Libertadores de 2018.

O jogo

A partida começou bastante movimentada, com o Junior Barranquilla explorando a velocidade de seus jogadores. Escolhido para defender a meta rubro-negra, César foi testado logo aos cinco minutos de jogo após Mier bater falta com força. O goleiro teve reflexo e caiu para evitar o gol do time da casa. Com vantagem por conta da vitória na partida de ida, o Flamengo se mostrava nervoso dentro de campo e aceitava a pressão dos colombianos. Quanto tinha a bola no pé, o time brasileiro não conseguia trocar passes e rapidamente devolvia a posse para os adversários. 

Apesar do domínio total na partida, o Junior esbarrava em uma partida perfeita do zagueiro Juan, que não permitia a infiltração dos adversários na grande área e ganhava todas pelo alto ao lado de Rhodolfo.

A equipe colombiana agredia pelas laterais, principalmente pelo lado direito, com o veloz meia Chará. O centroavante Téo Gutiérrez saia bastante da área para tabelar com os companheiros, mas a equipe da casa não encontrava espaços na defesa flamenguista. Nos chutes de fora da área, os atletas do Junior não acertavam o gol de César. Com isso, o Flamengo conseguiu segurar a vantagem na primeira etapa sem passar por grandes sustos, apesar da pressão adversária.

No início do segundo, mais pressão dos colombianos. Logo no segundo minuto, González recebeu dentro da área, ganhou de Pará e foi derrubado pelo lateral flamenguista. O juiz ignorou o toque e mandou o jogo seguir. Três minutos depois, o mesmo González quase abriu o placar após cruzamento rasteiro, mas não conseguiu alcançar a bola.

No entanto, no momento de maior pressão dos colombianos, o Flamengo abriu o placar: Felipe Vizeu recebeu no meio do campo, tirou o marcador com um toque rápido e correu sem marcação até a grande área, onde bateu a bola por baixo de Vieira para balançar as redes.

Com a vantagem ampliada, o time flamenguista ficou mais calmo dentro de campo, tentando manter a bola no campo de ataque e marcando com mais organização. O Junior, por sua vez, sentiu o gol rubro-negro e, com pressa, começou a cometer mais erros. Aos 22, Ovelar tabelou com Chará e bateu rasteiro com força, mas César caiu e agarrou firme. No minuto seguinte, Cantillo tentou bater de fora da área, mas mandou à esquerda do gol.

Cansado, o time da casa não conseguia manter o mesmo ritmo acelerado que havia imprimido na primeira etapa. Mais maduro, o Flamengo dava menos espaço pelas laterais e gastava o relógio.

Aos 42 da segunda etapa, Willian Arão derrubou Barrera dentro da área e o juiz marcou pênalti. Chará foi para a bola e bateu firme, no canto esquerda, mas César voou e conseguiu espalmar a bola. Quatro minutos depois, Rodinei arrancou pela direita e cruzou rasteiro. A bola encontrou Felipe Vizeu, que desviou para dentro gol e garantiu a vitória e a classificação rubro-negra.

Fonte: wscom.com.br