Plantão
Mundo

Funcionários de asilo abandonam idosos e militares encontram corpos ainda nas camas

Publicado dia 25/03/2020 às 14h18min
O Exército tem se encarregado de intervir e desinfetar lares de idosos, depois que dezenas de mortes ocorrerem nesses estabelecimentos

Militares espanhóis que estão ajudando a combater a pandemia de coronavírus encontraram idosos abandonados em casas de repouso e, em alguns casos, mortos em suas camas, informou o Ministério da Defesa do país.

Uma investigação foi iniciada para apurar as circunstâncias do ocorrido.

As Forças Armadas foram convocadas para ajudar a desinfetar as casas de repouso na Espanha, um dos países mais atingidos da Europa.

Enquanto isso, uma pista de gelo em Madri deve ser usada como um necrotério temporário para as vítimas da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, disseram autoridades.

O vírus está se espalhando muito rapidamente na Espanha – o segundo país europeu mais atingido depois da Itália.

Na terça-feira (24/03), o Ministério da Saúde anunciou que o número de mortes havia aumentado em 514 nas últimas 24 horas – um recorde diário.

Um total de 2.696 pessoas já morreram e há 39.637 casos confirmados na Espanha.

A ministra da Defesa do país, Margarita Robles, disse ao canal de TV Telecinco que o governo “seria rígido e inflexível ao lidar com a maneira como as pessoas mais velhas são tratadas” em casas de repouso.

“O Exército, durante algumas visitas, encontrou algumas pessoas mais velhas completamente abandonadas, às vezes até mortas em suas camas”, disse ela.

O Exército tem se encarregado de intervir e desinfetar lares de idosos, depois que dezenas de mortes ocorrerem nesses estabelecimentos, principalmente nas regiões de Madri e Castilla-La Mancha, no centro do país.

Na semana passada, o Exército encontrou 19 corpos em uma casa de repouso em Madri –17 foram diagnosticados com o coronavírus.

O Ministério Público anunciou que abrirá uma “investigação com objetivo de determinar a gravidade dos atos e suas possível relevância penal”.

Ao lado da Itália, a Espanha é o segundo país do mundo com mais números de mortes causadas pela Covid-19 –mais de 2,1 mil óbitos.

Fonte: Catraca Livre