Plantão
Saúde

Socialite é acusada de transmitir vírus para 44 pessoas

Publicado dia 20/03/2020 às 12h03min | Atualizado dia 20/03/2020 às 12h11min
Carmela, que adoeceu após ir duas vezes à Europa, voltou do continente, onde o novo coronavírus já havia atingido milhares de pessoas

A socialite e decoradora Carmela Hontou, de 57 anos de idade, está sendo acusada de transmitir o novo coronavírus para pelo menos 44 pessoas no Uruguai, país que já tem até o momento 55 casos de contaminados pela Covid-19.

Carmela, que adoeceu após ir duas vezes à Europa, voltou do continente, onde o novo coronavírus já havia atingido milhares de pessoas, e esteve em um casamento com 500 convidados na mesma data que retornou ao Uruguai.

De acordo com o jornal uruguaio El Observador, fontes do ministério de Saúde Pública afirmam que, dos 55 casos confirmados no país, 44 foram contaminados a partir da cerimônia em que Carmela esteve. Desse número, nem todos compareceram à festa, mas foram infectados a partir do “vetor Carmela”, como estão chamando a situação.

Em entrevista ao site Infobae, a decoradora disse que não considerou a possibilidade de não ir ao evento, uma vez que o noivo é “como um filho” para ela. Após o casamento, ela foi até uma unidade de saúde depois de passar mal e recebeu o diagnóstico positivo para a Covid-19. Um dos filhos da empresária também foi infectado.

Fonte: Jaru Online