Plantão
Vale do Piancó

Juiz eleitoral de Itaporanga toma decisão sobre caixa dágua apreendida

Publicado dia 29/11/2017 às 09h38min
No local já existia uma caixa colocada pela Prefeitura, mas ela será retirada para dar lugar ao equipamento original.

A caixa dágua apreendida pela Justiça Eleitoral na quinta-feira da semana passada, por ser objeto de investigação, foi devolvida à comunidade urbana de onde havia sido retirada pelo proprietário, o ex-vereador Joaquim Salviano (PMDB), episódio que foi gravado por um celular, ganhou as redes sociais e repercutiu em todo o país.

A caixa estava em poder da Justiça Eleitoral desde a quinta-feira e foi posta ao lado do fórum para ficar à disposição judicial, mas o juiz Antônio Eugênio assinou nessa segunda-feira, 27, um decreto em que faz a doação do equipamento para a comunidade de onde ela foi retirada.

“A retirada dessa caixa dágua humilhou a população da comunidade, mas, agora, os moradores têm sua caixa de volta como meio de compensá-los por todo o constrangimento que sofreram ”, comentou o juiz eleitoral.

Conforme ainda Dr. Eugênio, a Polícia Federal vai abrir inquérito sobre possível cometimento de crime eleitoral pelo antigo dono da caixa com base em três documentos: primeiro, o vídeo em que ele aparece retirando a caixa e fazendo referências às eleições municipais passadas em que concorreu à reeleição ao cargo de vereador, mas não obteve êxito; depois o certificado de apreensão do próprio equipamento e, principalmente, o recibo de compra da caixa, apreendido junto com o equipamento e datado de setembro de 2016, período de plena campanha eleitoral.

A caixa foi devolvida à comunidade, que fica no loteamento Balduino de Carvalho, na manhã desta terça-feira, 28, por um serventuário da Justiça Eleitoral. No local já existia uma caixa colocada pela Prefeitura, mas ela será retirada para dar lugar ao equipamento original.

Fonte: diamanteonline.com.br