Homem de 46 anos morre após ser desafiado a tomar 1,2 litro de cachaça

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul está investigando a morte de Vanir Ferreira Duarte, de 46 anos, conhecido na região como Chupim. O homem morreu quatro dias após ficar em coma alcoólico.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, Chupim é instigado a consumir mais bebida destilada, mesmo após estar visivelmente vulnerável. O caso foi registrado no último dia 3.

Conforme o portal Campo Grande News, a vítima tomou duas garrafas de 600 ml de cachaça e 200 ml de bebida destilada. Ele estava acompanhado por duas pessoas que continuaram induzindo o homem a beber mais. Após passar mal, Vanir foi abandonado na rua e só foi socorrido na manhã seguinte, por uma pessoa que passava pelo local.

De acordo com a delegada Gláucia Fernanda Valério, um inquérito policial foi instaurado para “apurar todas as circunstâncias em que se deu a morte”. “Serão ouvidas testemunhas e, em seguida, os responsáveis pela divulgação do vídeo serão também chamados a prestar todos os esclarecimentos necessários”, afirmou a delega ao jornal Extra.

Istoe.com.br

Jefferson Lima

Read Previous

Moto é furtada durante madrugada em Santana de Mangueira

Read Next

Itaporanga monta plano de imunização contra Covid-19 e aguarda vacinas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.