Três cidades do Sertão uma no vale do piancó, têm casos de óbitos em investigação por suspeitas de arboviroses

Mordida por um mosquito Aedes. Esta espécie pode transmitir doenças como chikungunya, dengue e zika. Crédito: NIAID

Quatro casos de mortes no Sertão e outros três em outras cidades da Paraíba, estão sendo investigadas se as causas tem relação com arboviroses, como: Dengue, Chikungunya e Zika.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), desde a publicação do Boletim Epidemiológico no início de abril até o momento, foram registrados mais de 3 mil casos prováveis de dengue em todo o estado, que agora passam a ser 6.773. Já para chikungunya, foram mais de 2 mil casos, chegando a 4.464 prováveis ocorrências e zika totalizando 193.

 A técnica responsável da SES pelas arboviroses, Carla Jaciara, explica que a crescente na notificação é resultado do trabalho conjunto entre a secretaria, por meio do Núcleo de Doenças e Agravos Transmissíveis (NDAT), e os municípios.

POSSÍVEIS MORTES

Conforme os dados da SES, 45 municípios estão silenciosos, não realizando notificação de casos suspeitos de arboviroses e 60 estão com incidência alta, acima de 300, o que indica surto; além de seis municípios estarem com óbitos em investigação: Patos (01), Jericó (02), Boa Ventura (01), Mulungu (01), Serra Branca (01) e Queimadas (01). Carla Jaciara destaca que a notificação é uma forma do município sinalizar a situação epidemiológica de forma individual.

“É importante que o município realize a notificação de todos os casos suspeitos para que seja realizado o cálculo de forma segura, efetiva. E é preciso também que o município esteja realizando Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa). Com esses dados, podemos avaliar a necessidade do uso do carro UBV nos territórios”, pontua.

CARRO FUMACÊ

Teve início nesta segunda-feira (25) e vai se prolongar até a próxima sexta-feira (29), uma nova programação para a aplicação da Operação de Ultra Baixo Volume acoplado a veículos (UBV). O carro fumacê estará presente nos municípios de Soledade, Boa Vista, Nova Palmeira, Seridó, Cuité, Santa Luzia, Juazeirinho, Lucena, Serra Branca e São José dos Ramos.

Para a utilização do carro, as Secretarias de Saúde dos municípios devem encaminhar para a Gerência Operacional de Vigilância Ambiental da SES um formulário com análises epidemiológica e entomológica, com dados e notificações.

Destaque do Vale

lldearaujo

Editor, escritor, e tals blá, blá, blá...

Read Previous

Mais de 3 mil casos suspeitos de dengue são notificados em menos de um mês na PB e caso de óbito é investigado

Read Next

Agricultor é vítima de atentado a bala no vale do Piancó

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.